Problemas para monitorar notas? A gente explica o motivo!

Está enfrentando problemas para monitorar notas?

Até alguns meses atrás, bastava o produtor rural acessar o software vinculado ao webservice nacional da fazenda para fazer o monitoramento de notas. O problema é que, de uns tempos para cá, o procedimento não está  funcionando e muitos dos documentos emitidos no seu CPF não podem ser acessados.

Será que o sistema está com problemas, as notas não estão na base de dados da fazenda, ou existe outra explicação? 🤔

Neste artigo vamos mostrar o que mudou na distribuição das NFe, e como o produtor rural e o seu contador podem resolver os problemas ao monitorar notas.

Vamos lá?

Emita NFPe, Gere LCPR e simule IR

Experimente o AgroNota

Por que as notas não aparecem?

Até novembro de 2021, o produtor rural que queria verificar as notas emitidas no seu CPF podia acessar um sistema vinculado ao webservice nacional da fazenda para fazer as buscas de todos os documentos transmitidos nos últimos 90 dias.

No entanto, a partir de novembro, a fazenda passou a interromper a distribuição das notas. Isso para todos os emissários que ficassem mais de 60 dias sem realizar buscas.

Ou seja, o problema das notas não aparecerem e o produtor rural e seu contador não conseguirem acessar os documentos está, provavelmente, associado a ausência das pesquisas.

A decisão de interromper a distribuição das notas na falta das buscas foi informada na nota técnica 2014.002, publicada em outubro de 2021.

O que fazer para ativar a distribuição de documentos?

Caso o produtor rural não esteja conseguindo verificar as notas emitidas no CPF, será necessário que o mesmo reative a distribuição desses documentos. Para isso, deve realizar uma nova busca e, claro, manter a constância nas pesquisas.

O webservice da fazenda não disponibiliza documentos retroativos. Então, se o produtor não manter as buscas pelo menos 60 dias após a ativação, a distribuição das notas será novamente interrompida. E todos os documentos retroativos (aqueles emitidos enquanto a busca estava desativada) não poderão ser acessados.

Como impedir problemas para monitorar notas

Agora que já explicamos o porquê das notas não aparecerem e como o produtor rural pode reativar a distribuição desses documentos, confira duas dicas que separamos e podem ajudar a impedir que esse e outros problemas ocorram no monitoramento de notas.

1- Mantenha o certificado digital atualizado

O certificado digital serve como a identidade virtual do emissor, dando permissão a ele para assinar documentos digitalmente. Portanto, para que a emissão das NFe ocorra sem problemas e o produtor rural consiga monitorar notas, é necessário que o seu certificado esteja sempre atualizado.

No caso de ter o certificado tipo A1, que fica armazenado na própria máquina, o ideal é que o produtor rural dê permissão ao sistema para fazer a busca automática das notas. Dessa forma não arrisca perder prazos e ter a distribuição das notas interrompida.

2- Mantenha o software atualizado

Além do certificado digital, o produtor rural também precisa assegurar que o seu software vinculado ao webservice nacional da fazenda está atualizado. As atualizações trazem melhorias importantes para a segurança das informações, e servem para manter as funcionalidades da solução em dia.

Uma das grandes vantagens do AgroNota, por exemplo, é que o software é 100% online. Ou seja, o produtor não precisa se preocupar com as atualizações porque o sistema é atualizado de forma automática. Ajudando, assim, a impedir que problemas relacionados à gestão, busca de documentos e monitoramento de notas ocorram.

Se você ainda ficou com dúvidas sobre o porquê das notas não aparecerem no seu sistema, deixe um comentário para podermos ajudar! 😃

experimente o AgroNota

Gostou dessa matéria?

Inscreva-se na newsletter gratuita e receba novos conteúdos no seu e-mail!

Deixe um comentário