Contabilidade rural: tudo que você precisa saber

Olá, contador rural. Tudo que você precisa saber sobre contabilidade rural está aqui.

Você já deve saber que o agronegócio tornou-se um mercado em constante expansão, ganhando um lugar  de destaque na economia nacional. Com isso, cada vez mais o produtor rural sente a necessidade de auxílio para gerir as contas e obrigações fiscais de sua propriedade.

Portanto, o contador rural adquire um papel fundamental para a construção e consolidação da produção rural, atuando como um forte aliado de todos os ramos diretos ou indiretos advindos de fazendas e seu devido desenvolvimento.

Nesse sentido, a contabilidade rural e o campo estão cada vez mais conectadas, facilitando processos e garantindo que a legalidade do produtor esteja em dia. De antemão, é notório que o crescimento exponencial do agronegócio é agregado, quando a parte contábil e realizada de maneira eficiente.

Sabendo disso, separamos neste artigo tudo que você, contador rural, precisa saber para torna-se um contador de sucesso. Veja abaixo:

Onde se aplica a contabilidade rural?

A contabilidade rural é o ramo que atua focado na propriedade rural. Ou seja, é a área contábil dedicada para gerenciar os ativos do agronegócio, bem como o caixa, a terra e equipamentos; dos passivos, como empréstimos bancários; e do patrimônio líquido da empresa rural.

Portanto, a contabilidade rural possui os seguintes mercados de atuação:

  1. Pecuária
  2. Agropecuária
  3. Cultivo de florestas
  4. Venda de rebanhos
  5. Atividades zootécnicas
  6. Extração e exploração vegetal e animal
  7. Transformação de produtos de origem rural.

Quanto ganha um contador rural?

De acordo com a Salario.com.br, um contador ganha em média R$ 4.507,22 considerando o atual contexto do mercado de trabalho brasileiro, com uma carga horária de 43 horas semanais.

Desse modo, a faixa salarial de um contador fica entre R$3.242,00 E r$6.81,44, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.

Experimente o AgroNota

Experimente o AgroNota

Registros contábeis

Os registros contábeis são uma função muito importante para a contabilidade rural. Entretanto, atender o agronegócio, que é um setor específico, demanda à atenção do contador, entendendo que são informação diferenciadas e que podem exigir estudos aprofundados.

Desse modo, o registro contábil necessário para a propriedade rural é abordar dados como custo, receita e despesas da empresa. Além disso, para que o documento torne-se completo e com mais relevância, é fundamental que conste as seguintes informações:

  1. Estoque de animais, considerando a idade e qualidade do rebanho
  2. Nascimento de animais, calculando a divisão de custos por animais nascidos em um período
  3. Custo dos animais, atrelando-o ao valor total do rebanho

Ademais, você pode incluir o origem dos animais que a propriedade tem, setorizando os custos e as receitas. Por exemplo, o rebanho é originário de cria, recria ou engorda? Esta é uma pergunta importante a fazer, pois cada um possui um custo diferente, interferindo diretamente nos registros.

Sobretudo, ao considerar o estoque, lembre-se de calcular àqueles que são utilizados para reprodução ou produção de derivados, como a vaca, que produz leite diariamente.

Registros contábeis da agricultura

Outro ponto de suma relevância a citar são os animais que por algum eventual problema ou circunstância, vem a óbito. Caso isso ocorra, lembre-se de registrar e considerar como uma despesa operacional.

Contudo, além da atividade animal, a propriedade rural pode trabalhar com outras práticas que não possuem essa variável. Ou seja, para estes registros, voltados à agricultura, é preciso considerar:

  1. Custos indiretos para a produção de culturas temporárias ou permanentes
  2. Estoque de insumos agrícolas, adicionando a seus custos, armazenamentos e cada colheita deve ser contabilizada
  3. Deve-se considerar os custos do ciclo operacional de cada uma das culturas permanentes ou temporárias
  4. O ativo circulante deve estar constado nos registros contábeis, que são os gastos precisos para a conclusão da safra e os do ativo permanente, referente aos custos que trarão benefícios a longo prazo
  5. Despesas pré-operacionais, as quais devem ser amortizadas na primeira colheita, também devem ser inclusas

É importante lembrar que as regras de registro são diferentes de acordo com a realidade de cada empresa rural. Em outras palavras, cada contador rural deve conhecer as especificações e atuar com elas da melhor maneira possível.

Plano de contas da contabilidade rural

O plano de conta nada mais é que um planejamento para que o agronegócio organize a propriedade de maneira a suprir às necessidades e encontrar um caminho próspero para gerar lucro, conforme suas particularidades.

Nesse sentido, é primordial que o contador rural obtenha todas as informações necessárias sobre a propriedade rural. Além disso, é importante que você entenda perfeitamente quais são as normas legais regidas para àquele negócio, considerando as questões contábeis, fiscais e tributárias.

Portanto, para criar um plano de contas eficiente e que venha agregar ao negócio de seu cliente é essencial que ele seja objetivo, transparente e com fundamentos. Desse modo, inclua custos, receitas, despesas e metas a serem atingidas, buscando deixá-lo o mais completo possível.

De antemão, para que o seu objetivo seja concluído com sucesso recomenda-se que informações detalhadas e certeiras sejam adicionadas ao planejamento, pois assim, melhor será a administração do negócio.

Plano de contas da contabilidade rural

Como diferenciar a contabilidade rural

Em um mercado cada vez mais concorrido, demonstrar seus diferenciais competitivos e delimitar a qualidade do seu negócio com objetividade, fará com que os seus clientes estejam fidelizados e fiéis a sua marca.

De acordo com uma pesquisa, 50% dos entrevistados afirmam que se vivenciassem uma experiência negativa com uma marca, mudariam para um concorrente.

Sendo assim, com os consumidores cada vez mais exigentes, prezar pela qualidade de  atendimento e pela construção de um bom relacionamento é indubitável para manter seu negócio constante e bem visto.

Sabendo disso e entendendo as atuais circunstâncias, separamos dicas exclusivas para você, contador rural, aproximar-se do produtor e criar uma relação sólida e bem resolvida. Confira mais no link abaixo:

Relacionamento com os clientes da contabilidade rural.

Exemplos de despesas em uma propriedade rural?

Todo negócio possui uma série de custos para manter-se, já que estes são inerentes a funcionalidade da empresa e de suas atividades. Com o agronegócio, não é diferente.

Nesse sentido, as principais despesas de um produtor, que trabalha com agricultura, por exemplo, são oriundas da compra de insumos, manutenção e aquisição de maquinários. Além disso, despesas com folha de pagamento de funcionários e os investimento tecnológicos são outro fator contribuinte com os gastos do produtor rural.

Desse modo, podemos de forma ampla citar que os custos fixos de uma propriedade rural conta com custo de água, luz, frete de compras e vendas e demais custos com os insumos necessários para manter o bom funcionamento de um estabelecimento.

Nesse sentido, é importante lembrarmos que ainda nestes custos, devemos incluir os encargos sociais, o pró-labore, a depreciação, o combustível e o aluguel, caso necessário.

Experimente o AgroNota

Experimente o AgroNota

Por fim, a contabilidade rural deve certificar-se de que tudo está sendo contabilizado, garantindo que uma boa administração seja feita, resultando em tomadas de decisões mais precisas e rentáveis. Portanto, conheça bem o seu cliente e sua propriedade, visando gerar indicadores assertivos.

Como cortar gastos em uma empresa rural?

Ao conhecer todo o sistema de funcionamento, possuindo em mãos todos os gastos fixos e variáveis, é possível mensurarmos onde economizar. Por isso, calcule bem os gastos da propriedade, pois só assim a administração será eficiente e de qualidade.

Sabendo disso, separamos diversas dicas de como reduzir custos para o produtor rural, reavaliando a estrutura financeira e organizacional do ambiente rural. Veja abaixo:

Evite desperdícios

Uma das maneiras mais eficientes para reduzir custos é evitando o desperdício. Dessa forma, você pode auxiliar o produtor a possuir um estoque controlado, sabendo de todas as validades de insumos.

Além disso, reavaliar as rotas de escoamento da produção pode te impedir de gastos desnecessários, podendo inclusive, encontrar forma mais ágil de realizar o manejo, revendo técnicas.

Outro ponto muito importante é dar atenção a manutenção de máquinas, visto que estas possuem um custo elevado e se bem cuidadas, impedem que este gasto seja essencial, de imediato, aumentando a durabilidade dos componentes.

Gestão de custos

A gestão de custos da fazenda consiste em um controle rigoroso sobre o que entra e sai, fortalecendo o seu fluxo de caixa. Desse modo, deixar o financeiro do agronegócio desamparado é muito perigoso, pois prejudica diretamente a saúde do negócio.

Com o alto preço das commodities no mercado internacional, a melhor maneira de aumentar os lucros é reduzindo os custos. Nesse sentido, a gestão financeira se faz muito importante.

Mapeie as tarefas

A contabilidade rural pode agregar imensuravelmente ao agronegócio, controlando toda a cadeia produtiva de uma propriedade. Isso significa dizer que, por exemplo, todos as variáveis da compra de um simples insumo, deve ser contabilizada.

Ou seja, considere os custos com transporte, impostos e treinamento necessários para que o seus funcionários executem as tarefas da melhor e mais assertiva maneira.

Uma dica bem útil para que este mapeamento seja organizado é concentrar essas informações em planilhas, separando-as por área de atuação, facilitando consulta e compreensão.

Mão de obra qualificada

Ainda é muito comum que produtores rurais optem por mão de obra barata, sem qualificação técnica. Em outras palavras, a contabilidade rural pode instigá-lo a contratar funcionários especializados, reduzindo o retrabalho.

Sobretudo, profissionais da área estão menos propensos a erros, pois possuem conhecimento sobre o assunto. Ademais, eles são capazes de fazer o mesmo trabalho em menos tempo, possibilitando o aumento da produtividade.

Investimento com tecnologia

É comum que produtores rurais sejam resistentes às novas tecnologias por acharem que os custos para esse investimento são muito elevados. Entretanto, nem sempre tecnologia estará atrelada ao alto valor.

Atualmente, existem diversas inovações que podem ser adquiridas sem impactar o orçamento da fazenda. Por outro lado, essas ferramentas de trabalho mais atuais podem fazer toda a diferença na rotina de uma propriedade, melhorando a eficiência e a qualidade da produção.

Serviços personalizados de monitoramento meteorológico, instalação de sensores e o uso de máquinas autônomas são algumas das tecnologias que podem ser implementadas. Por fim, para a contabilidade rural, estas são algumas das maneiras de conter as principais despesas do produtor e investir em eficiência e agilidade de produção.

Gestão financeira do agronegócio

A gestão do negócio rural é muito mais que o manejar do campo e dos animais. Ou seja, os produtores são desafiados a serem bons gestores financeiros e estratégicos, precisando cuidar de diversos aspectos de uma propriedade.

Fluxo de caixa para contabilidade rural

Contudo, a contabilidade rural pode auxiliar e contribuir positivamente para o desenvolvimento saudável do financeiro de uma fazenda. Portanto, a gestão agrícola é tão importante quanto a própria produção. Afinal, de nada adianta ser altamente produtivo e não administrar com qualidade os resultados obtidos, não é?

Sendo assim, com um melhor controle operacional, é possível enxergar problemas e corrigi-los corretamente e com rapidez, realocando os recursos disponíveis com mais exatidão.

Em outras palavras, para que possamos evitar custos e maximizar a produção, conhecer o fluxo de caixa do seu cliente e seu pleno funcionamento é essencial.

O que é fluxo de caixa

O fluxo de caixa é a entrada e a saída de dinheiro de todos os setores que compõem a estrutura rural. De antemão, é onde conseguimos verificar os gastos e os ganhos advindos da atividade rural, analisando o quanto tempo de capital de giro, e assim, calcular qual o excedente, para que o mesmo seja aplicado em eventuais gastos.

Dicas para melhorar a gestão com a contabilidade rural

A primeira dica planejar o andamento de todas as ações da propriedade rural. Assim, o contador rural deve auxiliar o seu cliente a estruturar o planejamento de sua produção e todas as ações secundárias, bem como a parte financeira.

Ou seja, planeje os insumos que precisará comprar, pesquise por valores e saiba quais são os melhores períodos para compra e venda. Em outras palavras, planejar os seus passos deve ser a primeira coisa antes de iniciar qualquer atividade.

Sobretudo, adapte-se às novas tecnologias e permita que os processos burocráticos e demorados simplifiquem-se. Por fim, conseguimos mensurar a importância do agronegócio ser bem administrado, contemplando a saúde da parte financeira e a organização de todas as tarefas que envolvem a fazenda.

Como gerar LCDPR?

Para que o seu LCDPR seja eficiente  e contemple todas as informações solicitadas, é necessário que os dados cadastrais, lançamento de despesas e receita das atividades estejam contidas neste documento.

Além disso, o cadastro de imóveis e contas bancárias relacionadas à atividade rural devem ser informados. Sendo assim, separamos um checklist para que lançar documentos no Livro Caixa Digital do Produtor Rural seja descomplicado e assertivo. Veja:

  1. Informações pessoais do Produtor Rural e dados do imóvel que está sendo explorado com o fim de atividade rural.
  2. Receitas oriundas do agronegócio, contendo o tipo de lançamento, número do documento correspondente, data e valor, além de observações e número do contrato.
  3. Produtos entregues no ano referente e adiantamentos de recursos financeiros recebidos no ano anterior.
  4. Quaisquer outro tipo de informação vinculada a propriedade rural, com comprovação, deve ser lançado também.

Experimente o AgroNota

Experimente o AgroNota

Onde devo escriturar o LCDPR?

O livro caixa digital do produtor rural não pode ser escriturado no programa Atividade Rural da Receita Federal, visto que, o órgão não disponibiliza um programa para a escrituração.

Dessa forma, o contador deve fazer o LCDPR por meio de um software contábil, que gerará um arquivo txt compatível com o layout 1.3 disponibilizado pela RFB, facilitando todo o processo, não é mesmo?

Sobretudo, a lógica para geração do Livro Caixa e do LCDPR é a mesma, porém, mais informações são exigidas para o formato digital, bem como dados bancários, já citados acima.

Veja mais em: Livro Caixa do Produtor Rural 

Conclusões para contabilidade rural

Diante de todas as informações acima citadas conseguimos concluir que a contabilidade rural pode contribuir com o fortalecimento e crescimento do agronegócio brasileiro.

Isso porque, com o auxílio contábil é possível organizar, planejar e tomar decisões mais assertivas, buscando descomplicar processos e otimizar tempo do produtor rural. Ou seja, o mercado rural está cada vez mais em expansão e quem souber aproveitar dessa oportunidade, crescerá.

Portanto, investir em tecnologias bem como, softwares que automatizam tarefas, é uma maneira inteligente de inovar e atrair clientes rurais. Além disso, fortalecer o seu escritório com uma base sólida de produtores é garantia de trabalho e sucesso.

Por fim, lembre-se que com uma boa gestão contábil possibilita ampliar a produtividade, controlar a receita e tornar o agronegócio mais assertivo e lucrativo.

O lucro é o subproduto de coisas bem feitas.

E você? Precisa de um software para otimizar a rotina contábil? Conheça o AgroNota, o sistema que aproxima a contabilidade ao campo.

Gostou do conteúdo? Considere inscrever-se em nossa newsletter e receba os próximos artigos direto em seu e-mail. Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário.

experimente o AgroNota

Gostou dessa matéria?

Inscreva-se na newsletter gratuita e receba novos conteúdos no seu e-mail!